Evangelização e Entretenimento para Jovens Cristãos e Não Cristãos.

“Deus me disse que eu teria uma vida cheia de desafios”, diz ator de ‘Power Rangers’.

Jason David Frank ficou famoso por fazer o papel dos rangers verde e branco na série infantil ‘Power Rangers’. (Imagem: Youtube)

Milhares de jovens cresceram assistindo aos “Power Rangers” na televisão. Os personagens estarão novamente no segundo filme inspirado na série de ação infantil e que já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Hoje, o homem que já esteve por trás das máscaras verde e branca – e faz parte do elenco do novo filme – ainda tem o respeito dos que acompanharam a série nos anos 90. Porém o ator reconhece que nos dias atuais tem uma nova missão: apontar para aquele que é o verdadeiro herói, Jesus Cristo.

Jason David Frank é mais conhecido por seus papéis como Tommy, o Ranger Verde (e posteriormente o branco). Mas ele também é um campeão de MMA e professor de karatê.

Tempos atrás, Frank concedeu uma entrevista à CBN News e falou sobre seus trabalhos na TV, sua jornada pessoal de fé e também como conseguiu conciliar seu trabalho com seus princípios bíblicos.

“Foi uma série para crianças, eu perdi os poderes e as pessoas se importavam”, lembrou Frank, falando sobre os acontecimentos com seu personagem. “Eu só fui contratado para 10 episódios e 200 episódios depois, teve dois longas-metragem [sendo um deles lançado no Japão] e uma continuação da série no canal Nickelodeon”.

“Meu personagem estava para morrer, no filme japonês, ele se foi. Eles ficaram sem filmagens, então meu personagem cumpriu sua missão. Eu fiquei feliz com isso”, disse ele.

“Eu nunca quis me tornar o líder, eu não peguei o lugar de ninguém, acabei de criar espaço para o Tommy estar nessa posição”, disse ele. “Mas Deus definitivamente tinha firmado Seu plano e me disse: ‘Eu vou levá-lo por uma vida cheia de desafios e perdas”.
Um começo trágico
Atualmente, falar sobre sua fé e seu testemunho é fácil para Frank. Mas seu relacionamento com Cristo começou com uma perda difícil: a morte de seu irmão mais velho Erik Ray Frank.

Erik Ray Frank interpretou o personagem David Trueheart, ao lado de Jason, na série “Power Rangers”. Erik morreu em 2001, apenas alguns meses antes de completar 30 anos.

“Eu realmente não entendia qual era o significado de toda aquela coisa de igreja”, disse Frank. “Quando perdi meu irmão, era como se as pessoas estivessem me dizendo que eu precisava de Deus e de todas essas coisas. Então eu disse para mim mesmo: ‘Se mais uma pessoa me disser isso, então vou achar que é verdade”.

Vendo sua dor naquele tempo, sua esposa o convidou para ir à igreja e então ele acabou aceitando. O ator passou a visitar a igreja Crosby, no Texas (EUA).

O pastor daquela comunidade, Keenan Smith, ajudou a iniciar o ‘Team Impact’, um grupo de atletas profissionais cristãos que viajavam o mundo e atraíam multidões com suas façanhas, aproveitando para pregar a Palavra de Deus durante os eventos.

“Eu sou de Los Angeles, então aquela igreja me cobriu tão bem como botas de cowboy cobrem os pés de alguém. Pastor Keenan estava quebrando paradigmas e eu fiquei instantaneamente atraído por tudo aquilo”, disse Frank, lembrando-se de sua primeira visita à igreja do Texas. “Eu pensei: ‘esse cara é bom. Nós lutamos e ele usou isso para atrair pessoas para a igreja”.

Hoje, o ‘Ranger’ usa as mídias sociais para convidar as pessoas a um relacionamento com Cristo e tem celebrado os bons resultados disso.

“Eu alcanço 5 milhões de pessoas em uma semana através do Facebook e Instagram, e me sinto simplesmente abençoado por isso”, disse ele.
“Jesus não bateu”
Frank também se juntou com o colega e lutador, Patrick Hutton para iniciar a primeira linha de roupas de MMA com inspiração cristã. A grife chama-se “Jesus não Bateu” – fazendo referência ao momento em que um competidor se rende na luta por estar imobilizado e bate levemente com a palma da mão em seu oponente ou no tatame.

“Nós viemos com ‘Jesus não Bateu’. Isso significa que Ele não desistiu, não deu o toque para desistir”, disse Frank, explicando a mensagem por trás do nome de sua linha de roupas.

“Ele poderia ter batido, desistido a qualquer momento. Ele poderia ter chamado milhares e milhares de anjos a qualquer momento, se ele quisesse”, acrescentou. “Bater’ é uma expressão que eu posso dar mentalmente e fisicamente, querendo dizer ‘eu desisto’. Mas Ele [Jesus] nunca fez isso”.

Seguindo o exemplo de Cristo, Frank também não tem planos de desistir. Além de ainda trabalhar como ator ele dirige duas escolas de karatê, compartilha a mensagem do Evangelho em diversas plataformas e faz tudo isso com muita dedicação.

“São 24 horas por dia e eu coloco muita paixão naquele dia, para que eu possa ter um futuro”, disse ele.

FONTE: GUIAME,cbnnews.

Compartilhe:

Artigos Relacionados: